sábado, 27 de julho de 2013

Abaixo assinado pede mudanças à personagem Perséfone de Amor à Vida

Mudança na personalidade da Perséfone na novela Amor à Vida: que o autor pare de relacionar virgindade com obesidade de forma ridícula

A blogueira Kalli Fonseca, do Blog Beleza sem Tamanho, criou um abaixo-assinado, que será enviado a Walcyr  Carrasco, autor da novela global Amor à Vida, o objetivo é conseguir mudanças na personalidade da personagem Perséfone, vivida por Fabiana Karla.  O autor associa virgindade com obesidade, além de fazer parecer que qualquer homem que "aceite" ter um relacionamento sexual com uma mulher gorda estará fazendo por caridade, imagina esta verdade durante meses sendo repetida nas mentes de mulheres com baixa autoestima por estarem gordas e homens de caráter duvidoso.  E, alguém me diz, qual é o problema em ser virgem? Se ainda não apareceu o cara certo, gordas ou magras, podem escolher esperar sim. A pretensa discussão sobre virgindade se torna pequena ante aos absurdos cometidos pela personagem e a tudo o que se submete para encontrar um homem que lhe faça o favor. Entre outras diversas perturbações. 

Entenda a reivindicação: 

Logo no início da novela a Paula Bastos fez uma carta aberta ao autor mostrando a ele o quanto isso era prejudicial à autoestima de milhares de mulheres (você pode ler neste link: http://grandesmulheres.com.br/2013/05/27/muda-o-destino-da-persefone-walcyr/)
O autor Walcyr Carrasco respondeu como vocês podem ver aqui: http://revistaepoca.globo.com/vida/walcyr-carrasco/noticia/2013/06/ser-gorda-e-dai.html
Em sua resposta, o autor disse que as Gordinhas ainda vão agradecer a ele por este papel da Perséfone, mas acontece que não adianta um final feliz com tanta chacota e humilhação no decorrer de meses.
É por isso que clamamos por mudanças. A cada dia as coisas pioram para a Gorda da novela e isso reflete diretamente na vida real de milhares de gordinhas.
Queremos que o autor pare de relacionar virgindade com a obesidade da atriz, estamos cansadas da forma ridícula que vem sendo mostrada a mulher gorda através da personagem.
Sabemos que a mídia influencia diretamente no senso comum. Este papel ajuda a propagar ainda mais a gordofobia que já é tão forte em nossa sociedade.  

Assine também Abaixo-assinado

Nenhum comentário:

Postar um comentário