segunda-feira, 8 de julho de 2013

Você é linda, acredite nisso!

Você é linda! Essa é uma frase que deveria estar escrita no topo dos espelhos de todas as mulheres do mundo. Porque você é, realmente, linda. É claro que você não é igual a atriz da novela, mas, pensando bem, por que seria?
Ser linda é algo totalmente diferente de pertencer a padrões estéticos impostos pelo mundo da moda, revistas e cosméticos. Tem mais ligação com ser verdadeira com si mesma, com enxergar coisas que todo mundo vê, menos a gente.


Sua perfeição não é a perfeição do outro. Pequenas rugas, fios de cabelo brancos, um nariz imponente. Tudo isso faz parte de quem somos. Sinais de envelhecimento são marcas da vida que você levou. E características fora do padrão são marcas de quem você é.
Ter vontade de mudar algumas coisas em nós mesmas é normal, mas para tudo há limites. Temos que pegar mais leve com nossos supostos defeitos, deixar de nos incomodarmos tanto com aquilo que gostaríamos de ser diferente e valorizar os pontos positivos.
Não é fácil ter orgulho de quem se é fisicamente. Nem as mulheres mais incríveis do mundo – aquelas que são quase unânimes na opinião popular – sentem-se lindas todos os dias. Mas deveriam. Precisamos aprender a nos amar.
E quando você se sente mais bonita, quando releva seus defeitos e entende, de verdade, que não existe Photoshop para a vida real, você emana isso. E é aí que está a beleza. Ela está em um olhar, em um gesto que só você faz daquele jeito, na maneira com que você se movimenta ou até em como o que para você é um defeito cria uma harmonia incrível no seu rosto ou no seu corpo.
Vivemos em um mundo em que tudo precisa ser padronizado para fazer parte do “certo”. Mas não existe certo na beleza. A beleza depende muito mais do olhar do observador do que do objeto observado em si. Vemos beleza nas coisas que nos remetem a momentos felizes, levamos nossa bagagem cultural e nossas vivências com a gente em todos os momentos e não seria diferente nesta hora.
Cada vez que olhamos para nós mesmas e só vemos defeitos estamos minando nossas chances de nos amarmos. Somos todas diferentes – ainda bem – e temos belezas únicas. É difícil aprender a valorizar isso e não é algo que pode ser feito do dia para a noite, mas é um processo que precisa começar já.
A Dove, marca de produtos de higiene, vem trabalhando com a ideia da beleza real na campanha Retratos da Real Beleza. Normalmente eles apostam em mulheres comuns, com características bastantes distintas, para criar identificação e um sentimento de pertencimento ao maior número de mulheres possível. Mas dessa vez eles foram além.
O vídeo criado por uma divisão estrangeira da marca tem sido visto por milhares de pessoas. Grande parte delas mulheres. E grande parte acaba o vídeo chorando. Isso acontece porque ele é um grande espelho que mostra como somos duras com nós mesmas e deixamos de valorizar tudo aquilo que deveríamos para focar em nossas características – que para nós são defeitos.
Assista, emocione-se e mude sua vida. Aceite quem você é, ame seu corpo e aumente seus conhecimentos e sua cultura todos os dias.Não é fácil, mas você consegue. Você é, realmente, linda!


Nenhum comentário:

Postar um comentário