quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Fabiana Karla defende sua personagem Perséfone: "Ela não é virgem por ser gordinha"

No ar em "Amor à Vida" como a enfermeira virgem Perséfone, Fabiana Karla tem garantido boas risadas do telespectadores, mas também algumas críticas dos que acreditam que associar a imagem de uma gordinha à virgindade acaba por reforçar preconceitos. Convidada para ser entrevistada pelos internautas do UOL, a atriz enfrentou quase uma sabatina. Grande parte das perguntas eram sobre a vida sexual da personagem ou da própria atriz.
Se preservando o direito de não se expor em absoluto, Fabiana negou que Perséfone seja virgem por ser gordinha. "Algumas pessoas é que estão colocando esse olhar. Para mim, a Perséfone é virgem ainda por outros fatores: ela trabalha muito e ainda não encontrou a pessoa ideal para amá-la", opinou. Ela ainda torceu para que a personagem encontre um grande amor e afirmou não sofrer por estar acima do peso.
"Se eu disser que sofro, estarei mentindo. Sou muito feliz como sou e satisfeita com meu corpo. Graças a Deus sempre tive a autoestima elevada", garantiu. Leia todas as respostas abaixo.

1 - Olá Fabiana, adoro você e tenho um amigo de 34 anos que já esta leiloando sua virgindade. Da última vez que falei com ele, estava virgem ainda.  Mas, no caso da Perséfone, talvez poderia dar certo, acredito que esse caso dela acontece na vida real mesmo, quem sabe se ela tentar fazer um leilão ela consegue. O que você acha dessa ideia? (Pergunta de: Osmair de Souza, São Paulo)

Isso fica a critério do Walcyr, ele é quem tem que dizer o que acha válido para o destino da Perséfone.

2 - Assistindo a novela fico me perguntando se uma mulher faria tudo que a personagem fez, mas gostaria da sua opinião. Uma mulher conseguiria perder a virgindade sem tanto sofrimento? (Pergunta de: Wagner Braga Araújo, Goiânia)
Com certeza conseguiria perder a virgindade sem tanto sofrimento na busca. Mas a dificuldade existe porque vemos que ela procura um grande amor.

3 - Gostaria de saber como você se sentiu a comentar de sua virgindade. Falar em virgindade antigamente era um absurdo, mas hoje na TV falam como se fosse nada. O que você acha? Eu jamais ensinaria minha filha a ficar comentando sobre sua vida para todos. Você acha certo? (Pergunta de: Sandra Oliveira, Minas Gerais)
Não comento sobre mim e, sim, sobre a virgindade da personagem Perséfone. Minha intimidade eu guardo pra mim. Eu e minhas filhas temos diálogo aberto sobre este e todos os assuntos e elas conversam sobre seus assuntos com pessoas da confiança delas.

4 - A Perséfone tem várias fantasias sobre como perder a virgindade. Você, Fabiana, também é adepta a fantasias eróticas? Acha que é válido para apimentar a relação? (Pergunta de: Wendell, São Paulo)

Essas questões são muito íntimas e prefiro guardar para mim.
5 - Fabiana, como você acredita que a Perséfone irá "desencalhar" na novela e ser realmente feliz? (Pergunta de: Rodrigo Aparecido dos Anjos, São Paulo)

Não sei, mas espero que ela encontre um grande amor e que a sua experiência aconteça em uma grande noite, que fique marcada como muito especial para a Perséfone.
6 - Fabiana Karla, ou melhor Fabi, com essa questão de querer perder a virgindade, você acha que  mulheres de uma certa idade, na vida real, são virgens por algum medo ou receio? (Pergunta de: Nando Jeronimo, São Paulo)

É uma questão muito íntima. Tem gente que é virgem por questões religiosas, outros por dificuldade em se relacionar, outros porque ainda não encontraram a pessoa ideal, enfim, cada um tem seu tempo e seus motivos. O importante é respeitarmos a escolha, o tempo, e a razão de cada um.
7 - Fabiana, na TV você parece ser tão docinha. Minha pergunta é: Você sofre na vida real por ser digamos "acima do peso" para os padrões da sociedade ou você leva sua vida de boa? Te pergunto pois você parece ser muito de bem com a vida e com todos. (Pergunta de: Audelino de Souza, Curitiba)

Se eu disser que sofro, estarei mentindo. Sou muito feliz como sou e satisfeita com meu corpo. Graças a Deus sempre tive a autoestima elevada e bem alimentada pelas pessoas amáveis e queridas que tenho em meu convívio.

8 - Fabiana Karla, para você viver seu personagem em "Amor à Vida", presumo que tenha feito bastante "laboratório" para conhecer pessoas parecidas com a Perséfone. Vai a pergunta que não quer calar: ainda existem virgens aos 30 anos como ela? (Pergunta de: Silvia Helena Neves Gouvea, São Paulo)

Certamente existem. Já pude conviver com pessoas que me confidenciaram histórias de perda tardia da virgindade como a Perséfone. Volto a dizer que é extremamente importante que respeitemos o tempo e a escolha de cada um.
9 - Fabiana, eu tenho uma prima que ganha a vida desfilando como modelo plus size e já participou até do concurso de Miss plus size. Não é um retrocesso e preconceito associar a personagem, por ser gordinha, como encalhada e desinteressante? Por mais que seja um tom cômico na novela, você não acha que meninas adolescentes olhariam a Perséfone como uma representação de que sejam mulheres não atraentes e sujeitas à piedade dos homens? Não é um retrato muito negativo para autoestima das mulheres plus size? (Pergunta de: Maithe Lopez, Campinas)
Não acho que a novela esteja associando o fato de ela ser gordinha com a questão da virgindade. Algumas pessoas é que estão colocando esse olhar. Para mim, a Perséfone é virgem ainda por outros fatores: ela trabalha muito e ainda não encontrou a pessoa ideal para amá-la. E, se observarmos bem, vemos que a Perséfone é vaidosa, se preocupa com o visual e está sempre arrumada. Ou seja, ela não tem autoestima baixa, apenas não teve sorte ainda com os pretendentes.

10 - Fabiana, você é uma gata. Na novela seu personagem discute muito a questão do desejo sexual. Li que você está namorando um uruguaio. Qual a importância do sexo em uma relação amorosa? (Pergunta de: José Antonio, São Paulo)

Sou casada e meu marido é uruguaio. Pra mim, há diversos fatores que contribuem para o sucesso de um relacionamento: confiança, companheirismo, entre outros. O sexo é um destes fatores.
fonte: Uol

Nenhum comentário:

Postar um comentário