terça-feira, 10 de setembro de 2013

Dia do Gordo


Hoje é dia do gordo! 

Alguns tremem diante desta palavra, ficam tristes, chateadas ou até envergonhadas. No entanto, ser gordo não transforma uma pessoa em um ser inferior. Gordo não é palavrão. Não se permita sentir-se mal com isso.


Todo mundo uma vez na vida já se sentiu mal em ser/estar gordo, mas logo  notamos que magro ou gordo o nosso dia a dia é movido por algo maior que o tamanho, algo maior que um peso, e muito maior que o número do manequim; é movido pela nossa alegria de viver, pela nossa vontade de crescer e de fazer a diferença e pelo nosso amor por nós mesmos, por nossos interesses e desejos. E isso independe de tamanho. Deus, te fez assim, linda, do jeito que você é!

 Aí você vai me dizer: "Ah, mas eu não era assim". Ah é? Você também já tem mais 15 anos, você já viveu tantas coisas, você também já foi morena e não é mais, não precisava de óculos e tantas coisas.  Aprenda a se amar agora e não algo que você um dia foi. Todo dia aprendemos uma coisa nova e isso nos faz novo a cada dia. 

Ame-se e seja feliz com sua nova constituição de corpo, ou com seu velho corpo, ou com o corpo que você tem pra viver o melhor da vida. Olhe-se com mais carinho, poxa...é você!  Lembre-se de quantas emoções, alegrias, arrepios, dores e prazeres você vivencia com este teu amigo tão íntimo e tantas vezes desprezado. 

Seu corpo é seu guardião, sua casa, onde você mora com tudo aquilo que faz de você o que você é! Tenha mais carinho com ele. Viva feliz com ele! E nunca mais tenha vergonha de você mesma. Ame-se, construa com você um grande amor! Assim,  a opinião de outros começará a ficar em último lugar.



Marcela Liz

Nenhum comentário:

Postar um comentário