sexta-feira, 6 de setembro de 2013

Entrevista: Pedro Araújo, o primeiro admirador declarado de gordinhas do Brasil

Por Lisa Tondato



Pedro Araújo, escritor, mora em Fortaleza, com um jeito irreverente apaixonado por gordinhas que conta suas historias aqui no blog da Curve e revela o que é a gordinha tem



CaP Quando surgiu sua preferencia por mulheres gordinhas?
PA Sempre existiu, na realidade. Desde criança as meninas mais "cheinhas" sempre me chamaram mais a atenção do que as magrinhas, não tenho nada contra as magras, é algo que sempre me acompanhou e que só cresceu com o tempo. É uma coisa quase espiritual, diga-se de passagem, quando vejo uma gordinha é como se eu estivesse diante de uma deusa, sem nenhum exagero, acho elas as verdadeiras representantes da beleza brasileira, são mais lindas, verdadeiras, têm mais atitude e logo são mais sensuais, porque a sensualidade nada tem a ver com o físico.
CaP Você escreveu um livro, conte-nos sobre ele
PA Pra falar desse livro, preciso primeiro contar um pouco da minha história, que começa lá em Janeiro de 2012, quando conheci a página Sou Gordinha Sim, da minha queridíssima amiga Helena Custodio. Uma amiga minha compartilhou uma postagem da página e quando visitei, fiquei fascinado com a quantidade de curtidas (120.000 na época) e comecei a postar e comentar outras postagens. Percebi meu potencial quando meus comentários nas fotos começaram a atingir as 80 curtidas e quando as primeiras gordinhas começaram a me adicionar, então resolvi criar minhas próprias postagens e durante um ano e meio, escrevi mais de 100 textos de autoestima para elevar a moral das gordinhas. Esse livro é junção de todos os meus textos, incluindo alguns inéditos, já está finalizado e agora estou na parte burocrática com a Editora, em alguns meses deve estar nas prateleiras das livrarias, será um grande sonho realizado.
CaP O que você acha do preconceito que muitas mulheres sofrem ainda nos dias de hoje por serem gordas?
PA Ninguém tem problema com o próprio corpo até sofrer com a primeira palavra de preconceito, seja um apelido ou uma risadinha sarcástica, é o suficiente para que nós percamos o controle sobre nossa autoestima e passemos a nos odiar. O preconceito achou sua casa nas redes sociais, diariamente recebo dezenas de denúncias, postagens maliciosas, comentários e montagens de puro preconceito com gordos(as), fico chateado mas o primeiro sentimento que me vem é pena, porque as pessoas que mais apontam para nós gordinhos, são as que mais estão incomodadas com o próprio corpo, elas não aceitam que nós somos felizes com o que temos e elas, mesmo estando dentro dos "padrões de beleza", são infelizes e solitárias. Uma mulher magra não aceita que uma mulher gordinha tenha namorado, um homem sarado tira onda quando um gordinho aparece com uma sarada com aquelo velho comentário sobre dinheiro. Temos que parar com isso, o ser humano está regredindo ao invés de evoluir, acho que o preconceito começou quando começamos a dividir os seres humanos em grupos, etnias, cores e gêneros, nós somos todos IGUAIS e devemos ser tratados assim, ninguém é melhor do que ninguém por ter um corpo diferente, acho uma tremenda burrice julgar o próximo pelo o que ele tem por fora e não pelo caráter.
CaP Você namoraria ou casaria com uma mulher magra?
PA Já namorei mulheres magras sim, não tenho por que esconder isso de ninguém, não poderia falar sobre preconceito se eu próprio o tivesse com as outras mulheres. A questão é atração, me sinto mais atraído por gordinhas, mas isso não quer dizer que eu não possa achar uma magra bonita, conheço várias magras que são lindas mas não me atraem para nada mais que a amizade. Agora casamento é algo sério, não casaria pelo físico JAMAIS, vejo como os casamentos de hoje em dia estão se deteriorando porque as pessoas só namoram o físico e esquecem do coração, quando o físico cair e a beleza não existir mais, só existirá o divórcio. Portanto, casaria com uma mulher que fosse uma boa companheira, que fosse se tornar uma boa esposa, mãe e uma ótima amante, independente de ser gordinha ou magra, mas as chances estão mais para o lado das gordinhas.
CaP O que pensa dessa conquista das mulheres brasileiras de poderem ser modelos plus size ?
PA Acho uma grande vitória, para não falar A VITÓRIA. Muitas meninas sonham em ser modelos, desfilarem, terem as lentes das câmeras voltadas para elas mas quando são gordinhas, esse sonho parece ir por água abaixo junto com a autoestima, o movimento Plus Size está aí para ser esse divisor de águas da moda. Vejo o brilho nos olhos das gordinhas quando elas tiram fotos, desfilam, participam de programas e dão entrevistas, é algo bom de se ver e de se sentir, a vitória sobre o preconceito é sempre uma vitória de todos. O que não concordo no mercado atual é a forma como alguns produtores e "cartolas" do meio levam o movimento, muitos só querem arrancar dinheiro das gordinhas e falam na cara das mesmas que não gostam de gordas, o velho lance das "cartas marcadas" (vencedoras de concursos escolhidas antes do próprio acontecer) e outras coisas que não valem a pena serem citadas aqui.

CaP Você já fez trabalhos como modelo plus size masculino?
PA Sim, já desfilei para o movimento aqui de Fortaleza, a pedido da minha queridíssima Jaqueline Queiroz, desfilei pela loja Big Jeans, foi uma experiência legal apesar do nervosismo que me deixou quase cego durante o evento. (Risos)
CaP Como foi a experiência?
PA Foi ótima, apesar do nervosismo como citei acima, pude conhecer de perto os bastidores de um evento Plus e conhecer pessoas maravilhosas, me senti parte daquilo e foi muito bom pra minha própria autoestima e ego, na época estava namorando e no dia seguinte minha namorada foi desfilar para outra loja, foi uma experiência marcante que vou guardar comigo para sempre.
CaP mande um recado para os nossos leitores e leitoras sobre como é gostar de mulheres gordas ,por que na maioria das vezes homens só querem mulheres magras ,para poder mostrar a sociedade.sentem vergonha da mulheres gordas.
PA Gostar de mulheres gordas é gostar de mulher e ponto final. Homem que liga pra celulite, estria, culote, barriga e outros detalhes, pra mim não é muito chegado em mulher, pois toda mulher têm isso, é normal. Todo homem, principalmente os saradões de academia gostam de gordinhas, isso é fato e já foi comprovado em várias pesquisas, basta procurar na internet a infinidade de artigos científicos comprovando a superioridade das gordinhas em tudo, principalmente no quesito sexual. Talvez vocês não saibam, mas um homem ejacula 33% a mais com uma mulher gordinha, nem preciso dizer o que isso significa, não é? O cara que tem vergonha de assumir sua gordinha pra mim é um cara sem personalidade, essa de ficar exibindo modelos para mostrar aos amigos é na verdade infantilidade, o cara deixa de estar com a mulher que ele ama por vergonha, isso é negar a própria felicidade. Nunca tive isso, todas as gordinhas que namorei trouxe em casa, andei de mãos dadas na rua, assumi nas redes sociais e dane-se quem não gostava, tenho personalidade para assumir meu gosto e para assumir minhas gordinhas, não deixaria de estar com uma gordinha por vergonha, isso é idiotice e perca de tempo.




 

Nenhum comentário:

Postar um comentário