domingo, 24 de novembro de 2013

Visagismo: Como adequar a sua aparência a sua personalidade





Ir ao salão pode ser uma missão complicada. Por mais que a gente escolha um corte ou uma maquiagem e leve referências, às vezes o responsável pinta e borda na nossa beleza do jeito que melhor lhe convém. Mas, se o profissional tiver conhecimentos de visagismo, e souber identificar o tipo de beleza, ele pode estar fazendo um favor ao não fazer o que pedimos.
Getty Images
Em sentido horário: Angelina Jolie é um exemplo de beleza colérica. Kirsten Dunst é fleumática. Rooney Mara é melancólica, e Rihanna é sanguínea. Com qual você se identifica mais?

O visagismo é uma teoria criada pelo cabeleireiro e maquiador francês Fernand Aubry, e tem como objetivo harmonizar a beleza externa à personalidade das pessoas. No Brasil, um dos principais entusiastas da teoria é o artista plástico anglo-brasileiro Philip Hallawell, autor do livro “Visagismo | Harmonia e estética” (Editora Senac).
Hallawell adequou os arquétipos de personalidade definidos pelo psicanalista Carl Jung à estética. Como resultado, os tipos de beleza foram classificados em quatro tipos: sanguínea ; fleumática ;colérica e melancólica .
As pessoas de beleza sanguínea são enérgicas, extrovertidas e positivas. Apresentam traços inclinados no rosto, nas roupas e no cabelo. A cor dessas pessoas é o amarelo e a forma, o triângulo.
Já as fleumáticas são pessoas calmas, tranquilas e fechadas. O rosto, as roupas e os cabelos têm linhas arredondadas e a aparência é lânguida. Sua cor é o roxo e sua forma, o círculo.
As coléricas têm personalidade e temperamento forte, são determinadas e de atitude. Caracterizam-se pelas linhas retas e grossas. A cor é o vermelho e a forma é o retângulo.
E, por fim, as melancólicas são pessoas sonhadoras, introvertidas, criativas e atenciosas. As linhas dessa beleza são finas, verticais e onduladas. Sua cor é azul e a forma é oval.

BELEZA SANGUÍNEA: a modelo Gisele Bündchen, sempre extrovertida e positiva

BELEZA SANGUÍNEA: a atriz Mariana Ximenes

BELEZA SANGUÍNEA: a cantora Madonna

BELEZA FLEUMÁTICA: a atriz Scarlett Johansson, sempre calma e lânguida - já reparou no tom de voz dela?

BELEZA FLEUMÁTICA: a atriz Kristen Stewart, que é fã da cor roxa na maquiagem

BELEZA FLEUMÁTICA: a atriz Julie Andrews.

BELEZA COLÉRICA: a atriz Angelina Jolie, famosa por ser uma pessoa de atitude.


BELEZA COLÉRICA: a atriz Rachel Weisz, que tem traços fortes e marcantes.

BELEZA COLÉRICA: a atriz Paolla Oliveira

BELEZA MELANCÓLICA: a atriz Liv Tyler, dona de um lindo rosto oval. 

BELEZA MELANCÓLICA: a atriz Nicole Kidman, com traços ovalados e linhas finas.

BELEZA MELANCÓLICA: a atriz Emma Thompson. 
“Mas sua beleza pode ser classificada em mais de uma dessas categorias”, ressalta Hallawell. “A atriz Meryl Streep, por exemplo, tem características equilibradas entre os quatro tipos, e talvez por isso consiga interpretar personagem tão diferentes com tanta facilidade”.
Quando uma pessoa de beleza melancólica vai ao salão e pede um cabelo vermelho e volumoso, por exemplo, pode ter uma crise de identidade. Esse cabelo, típico dos coléricos, atrai atenção demais, o que sobrecarrega a introvertida melancólica. Um exemplo de mistura de tipos de beleza é o de Wanessa Camargo. Recentemente a cantora pintou as madeixas de vermelho e fez um corte reto, liso. Assim, ela misturou uma cor colérica a uma forma tipicamente melancólica. E a beleza natural de Wanessa é sanguínea. A transformação de visual causou estranhamento, pois as belezas não estavam em harmonia.
Com cuidado, porém, é possível misturar características de um ou outro tipo de beleza. “Uma pessoa que trabalha com comunicação, por exemplo, deve passar uma imagem extrovertida. Se for melancólica, nós podemos fazer um cabelo ou maquiagem que traga mais energia por meio de traços sanguíneos”, explica o visagista Marcelo Marcondes, do salão MM Hair Salon.
Mesmo assim, Hallawell e Marcondes destacam que isso só funciona para criar personagens de nós mesmos e que anular nossa essência é arriscado.
Além dos cabelos e maquiagens Embora muita gente associe o visagismo a cabelos e maquiagens, as roupas, acessórios e até os dentes também podem seguir a teoria. Para o cirurgião-dentista José Milton Marasca, entender melhor como as linhas e formas refletem a personalidade é fundamental para um trabalho bem executado. "Ninguém é igual ao outro", ele conta, "por isso não existe um molde de sorriso perfeito".

Marasca conta um caso bastante ilustrativo sobre como o sorriso é fundamental na mensagem que passamos aos outros: "Minha paciente era dona de uma firma de segurança que, depois de ficar viúva, teve de cuidar do negócio sozinha", ele relata. Como a paciente em questão estava em uma posição de autoridade em um ambiente masculino, Marasca lhe deu caninos levemente pontiagudos. "Esse tipo de sorriso, colérico, está inconscientemente ligado a uma figura de liderança", justifica.
      fonte: Delas


    Nenhum comentário:

    Postar um comentário