segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Campanha mostra beleza que existe nas mulheres com quilinhos a mais

Para provar que, sim, todas as mulheres são bonitas mesmo com alguns quilinhos a mais, uma campanha chamada  "nua" ("naked", em francês) nasceu. O objetivo: mostrar ao mundo o que é uma mulher bonita, de bem com seu corpo.
No site oficial da campanha , encontramos um link de cada  retrato uma curta entrevista. Para a pergunta: "Qual é o seu desejo para as mulheres das gerações futuras?" Bonnie, de 61 anos, diz com simplicidade. "Espero que as mulheres não terão que lutar. Espero que o nosso mundo vai amar as mulheres como elas são. "

Este projeto maravilhoso foi desenhado por Michelle Fetsch, um americano desapontado com a forma como a mulher é representada hoje: "Nosso objetivo é glorificar e celebrar as mulheres que têm que lutar esta batalha, ajudando uns aos outros."
Uma grande iniciativa que talvez mudar atitudes. Já, uma pequena vitória foi comemorada quando o famoso calendário Pirelli apresentou o seu elenco. Surpresa, é o modelo Candice Huffine que vai se juntar à equipe.Além de ser uma bomba, a bela morena tem medições sensuais e generosos (97-85-112). É uma sensação boa!
E ultimamente, uma tendência que é bom para o moral apreende redes sociais: a hashtag fatkini . Mulheres grandes, mas em seus corpos, são exibidos no seu melhor de duas peças. A idéia é, obviamente, para acabar com o complexo. 
A luta para aceitar todas as mulheres em capas de revistas ainda não está ganha, mas podemos estar no caminho certo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário