domingo, 3 de agosto de 2014

Candice Huffine, do anonimato ao sucesso



Nascida em Maryland, Candice Huffine, desde a infância adora representar. Foi líder de torcida na faculdade, mas foi por sua beleza natural única e estonteante que a fez desejar entrar para o pequeno mundo da modelagem. E em Nova York, Candice é agenciada pela agência Muse, no entanto por muito tempo vai limitar-se a publicidade pública, antes de ver sua sorte mudada, graças à edição especial plus-size revista  V em 2009. O primeiro passo para o sucesso. 

Reconhecida imediatamente, a morena bonita é vista rapidamente em inúmeras campanhas publicitárias, incluindo as capas da Vogue italiana em 2011 e S Moda em 2012. Longe dos padrões de magreza, ela forma com Tara Lynn, uma nova geração manequins orgulhosas de suas silhuetas curvilíneas,  à quilômetros de distância do tamanho 34. Candice exibe com estilo seu 1,80 metros e seus 90 quilos, o que a torna musa de muitas marcas pret-à-porter como Levi , Macy, Simply Be e Elena Miró. 


Mas  2014 está realmente se tornando a consagração de Candice Huffine.  Aos 29 anos, a esposa de Matt Powers juntou-se às tops escolhidas para a edição 2015 do calendário Pirelli , famoso por seu elenco ultra sexy estrelando ao lado de Adriana Lima, Karen Elson, Isabeli Fontana, Natalia Vodianova  e Joan Smalls, Candice se torna  a primeira modelo plus size posando para a calendário italiano editado desde 1964. "Esta é uma verdadeira mudança de ter contratado uma menina do meu tamanho! Mas estamos em um momento de evolução códigos estéticos e as pessoas querem uma feminilidade mais suave" disse a Vanity Fair Itália.  
© candicehuffine ' s Instagram / ​​Style.com / Models.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário