segunda-feira, 8 de setembro de 2014

Fale com sua filha antes que a indústria de beleza o faça: vídeo de Tim Piper discute a pressão social sobre a aparência em crianças


Assista antes de ler...



O vídeo foi escrito por Tim Piper, com direção de arte de Stuart Campbell, Mike Kirkland e Sharon Lee Pan. O interessante é a chamada de atenção para como a indústria nos atinge desde crianças. Amplamente discutimos como as mulheres podem aceitar seus corpos, se desprender de pré determinismos estéticos, ignorar as intensas afrontas que sofremos todos os dias para “perder dois kilos”, “usar mais maquiagem”, “consertar o nariz, peito, bunda”. No entanto, estamos sempre em busca da cura dos males que já sofremos, procuramos a recuperação e o remédio para as pílulas de opressão que nos foram religiosamente ministradas desde do momento que aprendemos que menina deveria brincar de boneca e palavrão não é coisa de mocinha.
-Eu estou de dieta!
Tem gente chamando essa tomada da internet pela conscientização de Quarta Onda Feminista, seja ou não, é sim uma nova fase. Finalmente, podemos começar a além de remediar os sintomas, ir diretamente nas causas e impedir sua  proliferação e continuidade. Os pais exercem grande papel na formação de seus filhos, muitas meninas copiam as mães começando a provar seus sapatos de salto e se lambuzando com a maquiagem, não demora para entenderem que chocolate e pizza engordam, melhor é tomar um shake emagrecedor.Com essas pequenas realizações, crescem as meninas brincando com sua Barbie magra e loira.
-Ela é gorda!
 As roupas para criança, nada mais são que uma versão em tamanho menor das roupas adultas. As paletas de maquiagem são em formato de coração e flor para chamar a atenção. Essa sexualização infantil, que está muito longe de ser relacionada aos processos biológicos naturais de descobrimento do corpo, está relacionada tanto a facilidade de acesso quanto ao conteúdo propagado. Essa exposição desde muito cedo, tem mudado o comportamento das crianças, que não se veem mais como… bem, como crianças. Lhes é tirada a infância, por perceberem que elas não são como supostamente deveriam.  O que nós temos a ver com isso? Muito simples, exatamente como fala o vídeo: fale com a sua filha, prima, irmã mais nova, vizinha, ANTES que a mídia fale com ela. Como diria minha avó: melhor prevenir do que remediar.
Outros projetos
Sally-Gifford-Piper
Sally e Tim Piper ficaram famosos pelo vídeo de pouco mais de um minuto que mostra as transformações possíveis através de um software de manipulação de imagem. A produção viralizou na internet, e o próximo passo é invadir as salas de cinema. Com o projeto registrado no site Kickstarter, o casal quer produzir um documentário sobre como a percepção de beleza na cultura pop e como isso afeta a sociedade em geral.  ”Minha esposa Sally e eu, entrevistamos e filmamos muitas meninas da Inglaterra, Austrália, Ásia e nas Américas, enquanto trabalhávamos no Fundo de Auto-Estima Dove e temos uma visão muito clara do que é necessário para fazer um verdadeiro grande filme sobre o assunto”, escreve Tim Piper no site de crouwdfounding.
O plano é entrevistar diversas mulheres de todas as idades e localizações demográficas sobre o assunto pressão da beleza – de onde vem, como ela os faz sentir, o que faz a diferença, entre outros.  Também serão entrevistados especialistas em transtornos alimentares, moda, psicologia, cinema e educação para ver onde o interesse no assunto está mais localizado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário