segunda-feira, 15 de setembro de 2014

‘Indefinius’: projeto fotográfico questiona padrões de beleza

Quem determinou que tal padrão seria belo, e todo o resto feio, rejeitado? O que é belo? O que é feio? O que é o tal padrão de beleza e feiura, que todos somos supostamente obrigados a seguir?

E a resposta é simples. Não existe um padrão. Este nunca foi criado. Não há quem possa dizer que tem o direito de nos ditar regras: de padrões de beleza, estilo ou comportamento. A minha vida, a sua vida, o nosso corpo, o seu cabelo, o meu tom de pele, a altura da minha amiga, ou o peso da sua fazem parte de nós, e são características que nos tornam únicos.
O belo, então, é relativo. O que é belo para mim, pode não ser para você, e vice versa. E isso é um direito de cada um. Mas de forma alguma, e fora de qualquer questão, não há ninguém que possa nos dizer que não somos belos, apenas por não seguir um padrão que, definitivamente, não existe.








Nenhum comentário:

Postar um comentário